Investir em Fundos Imobiliários? Conjuntura favorável e muitas vantagens para o investidor
POR
Thiago Fleith Otuki (otuki)

top
Publicado em
27 / 11 / 2017
Foto Autor
Autor
Economista do Clube FII
Avaliações
1 Estrela 2 Estrela 3 Estrela 4 Estrela 5 Estrela
Para aqueles que não me conhecem, sou professor universitário e economista do site especializado em Fundos Imobiliários Clube FII. Esse é o primeiro artigo produzido para o nosso Blog. O projeto tem o objetivo de produzir conteúdo sobre FIIs para os investidores iniciantes no assunto. O Clube FII é o maior site de Fundos Imobiliários do Brasil e já atende milhares de pessoas que investem e buscam informações sobre FIIs. Este projeto de publicar artigos voltado para público interessado em investir nessa classe de ativos está alinhado com nossa missão e objetivos e já foi concebido desde que iniciei minha trajetória na empresa.
Se você ainda não ouviu falar, Fundos Imobiliários, ou FIIs, é uma forma de investir em imóveis via mercado financeiro. Essa categoria de fundos é composta por cotas só que, ao contrário dos fundos de investimentos que está acostumado a investir (renda fixa, por exemplo), as cotas não podem ser resgatadas. As cotas são negociadas na Bovespa (B3), ou seja, você pode comprar e vender as suas cotas todos os dias em horário de pregão. Entendeu a diferença? O investidor não aporta e resgata como em um fundo de investimento tradicional aberto, ele compra ou vende suas cotas no mercado.
O patrimônio (carteira) de um Fundo Imobiliário pode ser composto de imóveis comerciais, residenciais, rurais ou urbanos, construídos ou em construção, para posterior alienação, locação ou arrendamento. Podem participar do patrimônio de um fundo, um ou mais imóveis, parte de imóveis e direitos a eles relativos. Foram criados em junho de 1993 pela Lei 8.668 e regulamentados pela Instruções publicadas pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Ao longo dos próximos artigos vamos abordar as vantagens de investir em FIIs, suas principais características, procedimentos necessários para começar a investir entre outros temas relevantes para os investidores. Já posso afirmar que o cenário econômico voltou a ficar propício para os FIIs após um longo tempo de recessão econômica e, principalmente, taxas de juros muito elevadas. Em 2016, o IFIX (Índice de Fundos Imobiliários da Bovespa) subiu 32%. No ano de 2017 o índice acumula alta de 19%. Entretanto, independente da conjuntura econômica ser favorável ou não, vejo que as principais vantagens dos FIIs são:

  • Acesso democrático ao investimento imobiliário, pois não é necessário um capital elevado;
  • Acesso democrático ao investimento imobiliário, pois não é necessário um capital elevado;
  • Isenção de imposto de renda nos dividendos recebidos por investidores pessoas físicas;
  • Rentabilidade acima do investimento realizado em imóveis físicos com objetivo de renda na locação;
  • Possibilidade de investir nos melhores empreendimentos imobiliários do Brasil.
  • Podemos citar inúmeras características positivas e vantagens dos FIIs, mas vamos abordar em detalhes nos próximos artigos. Convido você a acompanhar e ler nossas publicações. Tenho certeza que você vai aprender sobre Fundos Imobiliários e, caso não invista ainda, vai ficar convencido de que essa classe de ativos deve compor sua carteira de investimentos. Por fim, indico que você assista gratuitamente os vídeos do nosso Programa Educacional.

    Um abraço e até o próximo artigo!

    Oferta do BRCR - Principais Dúvidas e Como Participar
    Na noite do último dia 26, o Fundo Imobiliário BC Fund (BRCR11), convocou uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE) para decidir sobre a realização da 6ª emissão de cotas. Nathan Octavio tira as principais dúvidas sobre esta AGE e a oferta em pauta neste artigo

    Foto Autor
    Nathan Octavio
    04 / 09 / 2019 5 min de leitura
    FIP-IE: Uma alternativa de mais rentabilidade para a pessoa física
    Você deve estar perguntando a razão de eu estar escrevendo sobre Fundos de Investimento em Participações num blog dedicado ao mundo dos Fundos Imobiliários. A resposta é simples. O mesmo motivo que fez os investidores historicamente buscarem os FIIs, solidez e rentabilidade, deveria fazê-los abrir os olhos para essa classe de ativos, que tem começado a crescer e a atrair o interesse crescente de investidores que buscam alternativas de diversificação da carteira com retornos potenciais atrativos.
    Foto Autor
    Ricardo Marques
    08 / 03 / 2021 5 min de leitura
    TRXF11 e a venda do Imóvel Camil: Valeu a pena?
    Nos últimos dias, o fundo TRX Real Estate (TRXF11) informou a mercado a venda do seu imóvel mais antigo: o galpão localizado na cidade do Rio de Janeiro, que estava locado à Camil Alimentos. Alguns elogiaram a operação, por ter evitado custos de vacância; alguns criticaram pelo valor da venda. Então, vamos aqui trazer algumas informações e observar os detalhes que passaram despercebidos por muita gente.
    Foto Autor
    Nathan Octavio
    12 / 11 / 2021 5 min de leitura

    Cadastre-se gratuitamente e faça parte do maior site de Fundos Imobiliários do Brasil!

    Efetuando o seu cadastro, você está concordando com os nossos termos de uso. Será enviado um e-mail solicitando a confirmação do cadastro.
    O Clube FII preza pela qualidade do conteúdo e verifica as informações publicadas, ressaltando que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.